Escolha um Mangá e Boa Leitura!

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

Teorias - Ash em coma


 De todas as teorias de animes essa é a mais famosa e talvez uma das mais criativas e impactantes. O universo de pokemon tem coisas bem especificas naquele mundo, a ausência de animais e o fato de o Ash nunca crescer. No primeiro episódio do anime Ash sofre um acidente enquanto se dava mal com o pikachu e almejava se tornar um mestre pokemon, segunda a teoria nesse momento Ash entra em coma. Em outras palavras tudo que ocorre depois só acontece na cabeça de Ash, o fato de ele nunca crescer e ter diversas aventuras só acontece na cabeça por causa de duas coisas, o coma e o seu próprio desejo. Todas as dificuldades inclusive a equipe Rocket seria uma espécie de defesa para que Ash ficasse mais confortável enquanto sua mente se recuperava. Outra coisa que seria culpa do coma seria as infinitas enfermeiras Joy e policial Jenny, os amigos que andam com ele como o Brock  são pessoas que representam algumas caracteristicas do próprio Ash, que no caso o Brock seria a puberdade.
 Como pode-se perceber o criador desta teoria se aprofundou bastante no universo de pokemon e conseguiu algo bem radical, mas com excelentes argumentos. Quem é o pai do Ash?
 No anime essa pergunta jamais foi revelada, mas acredita-se que seja o líder da equipe Rocket sendo que na vida real Ash não se dava bem com seu pai.
 Por que Pikachu não entra em sua pokebola?
 Na teoria Pikachu seria um pilar da razão de Ash, Se Ash perdesse o Pikachu possivelmente ele afundaria em seu coma.
 O curioso desta teoria é que não existe uma prova ou evidência que fundamentasse tudo isso, mas sim uma nova perspectiva de fatos. Esta teoria segue o mesmo caminho que outras teorias não de animes, mas como a da pixar e a do chaves.

Um comentário:

  1. Essa teoria é muito boa... Ela também pode ser aplicada em alguns aspectos em The Walking Dead, onde o o mundo pós apocalíptico onde o Rick vive não se passa de um sonho... É algo bem legal e que vale a pena se pensar.

    ResponderExcluir